Covid-19: Comitê decide revogar estado de calamidade pública no Tocantins


https://jflink.tk/m5oOF

Secretário de saúde Afonso Piva falou sobre revogação do decreto de calamidade pública — Foto: SES/Divulgação
Secretário de saúde Afonso Piva falou sobre revogação do decreto de calamidade pública — Foto: SES/Divulgação

Compartilhe


O estado de calamidade pública, que estava em vigor desde março de 2020 por causa da pandemia da Covid-19, foi revogado. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (3) após uma reunião realizada pelo Comitê Estadual de Enfretamento à Pandemia pelo Coronavírus.

O decreto de calamidade foi publicado em 2020 e prorrogado no ano passado. Vacinômetro, até estar quarta-feira (30), 1.141.484 moradores tinham recebido a primeira dose da vacina. O número representa 77,84% do público alvo.

No entanto, o número é menor com relação á aplicação da segunda dose. Foram imunizados 946.392 moradores, o equivalente a 64,89%. Conforme o vacinômetro, 2,09% dos moradores receberam a dose única da Janssen.

Participam da reunião, representantes da Secretaria da Comunicação, Secretaria da Educação, Juventude e Esportes, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins, Tribunal de Justiça do Tocantins, Ministério Público Estadual, Tribunal de Contas do Estado (TCE), Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE), Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria da República no Tocantins, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Marinha do Brasil, Exército Brasileiro, por meio do Comando do 22º Batalhão de Infantaria e Infraero.


Fonte: G1/TO

Tags : Comitê, Tocantins, covid, estado de calamidade

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo