Número de casos ativos da covid-19 em Filadélfia aumenta e moradores criticam a fiscalização


https://jft.news/B289i

Número de casos ativos da covid-19 em Filadélfia aumenta e moradores criticam a fiscalização
Foto: Divulgação

Compartilhe


Os casos do novo coronavírus está assombrando novamente o município de Filadélfia. A Secretaria Municipal de Saúde divulgou na noite desta segunda-feira (15), o Boletim Epidemiológica do Coronavírus, n° 31 que mostra que houve uma nova alta nos casos.

O penúltimo boletim divulgado mostrou que os casos havia caído de 3 para 2. Porém nesse novo Boletim houve uma alta de 2 para 5 casos. Esse número representa uma alta de 150%. Assim o município acumula agora 351 casos da doença e 341 curados.

Entre os pacientes infectados, 4 deles são da zona urbana e 1 está na zona rural. Um dos pacientes está hospitalizado enquanto os demais estão fazendo seus tratamentos em casa.

O número de casos suspeitos suspeito também segue em alta, no total de 14 casos.

Devido a alta e as aglomerações em bares e ruas da cidade, a Secretaria Municipal de Saúde está sendo criticada pelo o fato da fiscalização não está funcionando.

“Cidade sem lei e assim a tendência é lamentar mais. Os bares estão lotados todos os dias, tudo sem sem máscara e nenhuma fiscalização”, critica um morador nos status do WhatsApp.


“Enquanto não houver fiscalização que funcione, os casos em Filadélfia só tem a piorar. As pessoas não respeitam os decretos, essa é a verdade. Se não fiscalizar, irá piorar”, lamenta uma moradora que preferiu não se identificar.


Estado na fase vermelha


O Estado do Tocantins passou a somar 126.131 casos positivos e 1.697 mortes. Os pacientes que não resistiram tinham entre 40 e 97 anos. O Estado ainda registrou 757 novos casos nas últimas 24 horas.

A população de Filadélfia relaxaram nas medidas de prevenção contra a covid-19, assim, o município pode sofrer um novo surto nos próximos dias e os órgãos competentes precisam fazer valer a lei para evitar que isso aconteça. De acordo com o artigo 268, descumprir ordem pública destinada a impedir propagação de doenças, é crime.

Art. 268: Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa: Pena - detenção, de um mês a um ano, e multa.

Tags : Covid-19, balanço, coronavírus, Filadélfia

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo