Variante gama é predominante no Tocantins com 137 casos confirmados


https://jflink.ml/EZ5QV

Variante gama é predominante no Tocantins com 137 casos confirmados
Tocantins tem 137 casos da variante gama e um da variante delta confirmados — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Compartilhe


O Governo do Tocantins informou que das 237 amostras de pacientes com coronavírus no estado que já foram sequenciadas, 137 foram confirmadas como sendo da variante gama (P.1), que foi identificada primeiro no Amazonas. O estado segue com um caso confirmado da variante delta e as demais amostras são da cepa original do vírus, que está em circulação desde o ano passado.

O fato de que a variante gama já é predominante no estado não chega a surpreender, uma vez que especialistas vêm alertando que ela tende a predominar nos lugares em que aparece. A Universidade Federal do Tocantins, que tem uma parceria com o estado para realizar o sequenciamento, encontrou a variante gama em todas as 15 cidades onde recolheu amostrar para testes.

Nem todos os casos de pacientes com coronavírus passam por sequenciamento genético porque não há estrutura para realizar o serviço com todos eles. Por isso esse sequenciamento é feito por amostragem.

Não há dados conclusivos, por enquanto, sobre a letalidade das variantes em relação ao que já era observado nos pacientes com a Covid-19 antes das mutações. O que se sabe com certeza é que elas são mais contagiosas e por isso acabam infectando um número maior de pessoas. As pesquisas indicam que as vacinas são eficientes contra as variantes e por isso o Governo alertou para a necessidade de mais adesão à campanha de imunização.

"A variante Delta é mais transmissível que a variante inicial, mas não se pode dizer que ela é mais letal. Ela mostrou uma letalidade menor que as outras variantes, talvez porque hoje temos mais pessoas vacinadas, o que consegue amenizar os sintomas e ter desfechos mais favoráveis. E as medidas de proteção para essa variante são as mesmas que adotamos para as outras: uso de máscara, distanciamento social, evitar aglomerações e manter a higiene das mãos", disse o infectologista Rafael Albuquerque.

Em todos os casos, os sintomas são parecidos com os de um resfriado. Entre os mais comuns estão nariz escorrendo, mal-estar, dor muscular e perda de olfato e paladar.


Fonte: G1/TO

Tags : Coronavírus, Variante gama, Tocantins

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo