Por unanimidade, deputados aprovam continuidade do processo de impeachment em primeiro turno


https://jflink.tk/GpXoX

Por unanimidade, deputados aprovam continuidade do processo de impeachment em primeiro turno
Assembleia Legislativa inicia sessão para julgar prosseguimento de impeachment — Foto: Reprodução/TV Assembleia

Compartilhe


Os deputados do Tocantins aprovaram em primeiro turno, por unanimidade, a continuação do processo de impeachment contra o governador afastado, Mauro Carlesse (PSL), na tarde desta quinta-feira (10). O tema voltará a ser votado em sessão extraordinária nesta sexta-feira (11).

Em nota, o governador afastado disse que discorda da decisão, seguirá discutindo judicialmente o processo e que confirmará sua inocência.

A sessão desta quinta-feira (10) começou por volta das 15h50. Logo após o rito de abertura, foi lido o resumo do parecer pelo relator deputado Júnior Geo (PROS). O advogado autor da denúncia, Evandro de Araújo de Melo, também ocupou a tribuna para defender os pontos que o levaram à protocolar o pedido de impeachment.

O Advogado Juvenal Klayber Coelho fez a defesa do governador Mauro Carlesse, alegando que não há provas dos crimes citados. Depois dele, o deputado Júnior Geo retornou à tribuna para contestar os argumentos da defesa.

Havia previsão de que até 15 parlamentares poderiam fazer uso da tribuna, mas apenas dois deputados se manifestaram: Elenil da Penha (MDB), presidente da comissão especial de impeachment, e Gutierres Torquato (PSB).

A votação do parecer ocorreu de forma nominal e a matéria teve apoio de todos os 24 deputados.

imagem
Painel de votação da Assembleia Legislativa para continuar impeachment de Mauro Carlesse — Foto: Reprodução/TV Assembleia

Na sequência foi votado o decreto legislativo que autoriza o processo por crime de responsabilidade. O texto teve três artigos removidos porque tratavam de questões burocráticas – como prazos e citação das partes – que já estão previstos no rito da Assembleia.

Após o segundo turno de votação o texto deverá ser publicado com a seguinte redação:

Art. 1º - Fica admitido o processo por crime de responsabilidade contra o Excelentíssimo senhor governador do estado, Mauro Carlesse, nos termos do que foi documentado no processo n° 00160/2021 da ALE/TO

Art. 2º - Este decreto legislativo entra em vigor na data de sua publicação.

Após as votações o presidente Antônio Andrade encerrou a ordem do dia e convocou a sessão extraordinária para votar as matérias em segundo turno nesta sexta-feira (11), a partir das 17h45.


Fonte: G1/TO

Tags : Impeachment, Carlesse, Tocantins

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo