Cirurgias de ombro voltam a ser realizadas no Hospital Regional de Araguaína


https://jflink.tk/aYZJA

Equipe médica durante cirurgia viabilizada com aquisição de órteses e próteses- Foto: Elder Silva-Governo do Tocantins
Equipe médica durante cirurgia viabilizada com aquisição de órteses e próteses- Foto: Elder Silva-Governo do Tocantins

Compartilhe


Na última semana, o Hospital Regional de Araguaína (HRA) voltou a realizar cirurgia de ombro. Os procedimentos foram viáveis após a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) regularizar a oferta de órteses e próteses necessárias.

“Mesmo o hospital contando com profissionais competentes, estes procedimentos estavam suspensos e agora volta a ocorrer, graças ao esforço da Secretaria em adquirir o material necessário”, explicou o diretor administrativo do HRA, João dos Santos Alves.

O especialista em cirurgia de ombro e cotovelo, Ergon Lemos Amâncio Barbosa Dantas conta que “agora outras pessoas podem ser beneficiadas com este tipo de procedimento de ortoplastia de ombro, cirurgia que leva em torno de três horas. São pacientes com fraturas graves, que se resolvem só com próteses, fazemos este tratamento e depois da cirurgia 45 a 60 dias, o paciente já tem a mobilidade de ombro”.

O médico explicou ainda que “este tipo de cirurgia contribui para melhorar os sintomas causados pelo desgaste da cartilagem, pacientes com estes problemas geralmente sentem dores e ficam limitados de movimentos”.

“Estou sendo muito bem atendido, por toda equipe do hospital regional. Graças à Deus deu tudo certo na minha cirurgia e agora aguardo apenas alta hospitalar para ir pra casa me recuperar perto da minha família”, disse Gilberto Medeiros de Souza, paciente atendido com o primeiro procedimento, após retorno dos serviços.


Fonte: Secom-TO

Tags : Cirurgia, ombro, Araguaína, HRA

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo