'Jamais imaginei que fosse covid-19', diz jovem de Filadélfia curada do coronavírus


https://jft.news/52Dwu

'Jamais imaginei que fosse covid-19', diz jovem de Filadélfia curada do coronavírus
Roseanny Leite comemorando vitória contra a Covid-19. – Foto: Reprodução/Facebook

Compartilhe


O JF fez uma entrevista exclusiva nesta quinta-feira (13) com a jovem Roseanny Leite, de 25 anos, que foi infectada pelo o novo coronavírus (covid-19) e atualmente está curada. Roseanny contou um pouco da sua experiência no enfrentamento desse vírus que já deixou mais de 105 mil mortos em todo Brasil, sendo 493 no Tocantins e 3 em Filadélfia, de acordo com o último boletim das últimas 24 horas desta quinta-feira.

“No começo eu achei que fosse uma gripe qualquer, jamais imaginei que fosse a covid-19. Eu senti dores no corpo, espirros fortes e dores na cabeça", explica Roseanny ao sentir os primeiros sintomas da doença.


Mesmo após esses sintomas, ela disse que parecia normal, devido ter problemas de visão, ela não levou a sério as dores de cabeça, pois já convivia com ela.

Então, com o tempo as dores de cabeça e os demais sintomas foram ficando mais fortes que levou ela a procurar sua chefe, que é médica. “Ela foi um anjo”, destaca Roseanny.

A médica de Roseanny recomendou isolamento e receitou os medicamentos para ela. Depois de 4 dias, Roseanny fez o teste no qual apontou positivo para covid-19.

“Foi ai que senti calafrios, sentia dores até pra caminhar. Vieram os outros sintomas como febre, dores de cabeça, diarreia, perda de paladar e olfato. O que mais me maltratava era as dores de cabeça fora do normal”, contou.


Roseanny conta que não foram dias fáceis, foram dias angustiantes e perturbados, agradeceu ao apoio da unidade de saúde.

“Mesmo assim tive acompanhamento da enfermaria, apoio psicólogo e logo veio os dias de glória. Porque o Deus que eu tenho jamais abandona seus filhos e assim ele me deu a cura”, pontou.


Distanciamento da família


Em quarentena durante todo o tratamento, Roseanny contou como foi a sensação de ficar afastada da família.

“Tenho um apego muito grande por minha mãe e por minha filha, isso pra mim foi a pior sensação de todas, falar com minha mãe e filha por uma janela é muito torturador”, disse Roseanny.


Questionada se chegou a tomar um dos polêmicos remédios que não tem comprovação científica de eficácia contra a covid-19, como cloroquina e hidroxicloroquina que são recomendados pelo o Ministério da Saúde, ela disse que sim e que na sua visão foram eficazes para curá-lo.

Nota: não estamos recomendando ninguém se automedicar. Só faça uso de qualquer medicamento mediante a prescrição médica, como foi o caso de Roseanny.

Enfim, a cura


“Hoje o sentimento é de gratidão, de alívio, gratidão mais ainda porque tive pessoas maravilhosas ao meu lado”, resumiu.


Roseanny Leite deixa uma mensagem pra quem ainda está infectado pela a covid-19 e pede para que eles tenham principalmente calma.

“Tenha fé em Deus e principalmente calma. Façam os tratamentos direitinho e entrega sua vida a Deus. Porque ele é tremendo e jamais abandonará seus filhos.”


Ao finalizar a entrevista, a jovem recomenda que a população tome mais cuidado com a doença.

“A população de Filadélfia devem levar mais à sério essa doença, que tomem mais cuidados. Até porque eu não faço mínima ideia de quem eu peguei. Só sabe quem passa”, finalizou.

Tags : Coronavírus, Roseanny Leite, Filadélfia, curada, história.

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo