Principal líder dos caminhoneiros desiste da greve marcada para o dia 1° de fevereiro


https://jft.news/pjV11

Principal líder dos caminhoneiros desiste da greve marcada para o dia 1° de fevereiro
Foto: Divulgação

Compartilhe


Wallace Landim, o Chorão, afirmou ao Radar Econômico que não vai aderir à greve dos caminhoneiros, marcada para segunda-feira, 1º. Segundo ele, que emergiu em meio à paralisação de 2018 e é o principal articulador das demandas da categoria junto ao governo federal, grupos estão insuflando o movimento grevista com pautas como “Fora Doria, Fora Bolsonaro e Fechamento do STF”. “Dessa maneira, a Abrava (sua associação) não participará da paralisação.

Na última semana, Chorão conseguiu algumas vitórias para os caminhoneiros, como a inclusão da categoria no grupo prioritário para receber a vacina contra a Covid-19 e a promessa de Jair Bolsonaro de que o diesel seria desonerado de PIS e Cofins. Neste momento, a equipe econômica discute se a melhor saída para isso será aumentar o IPI de automóveis.


Fonte: Veja

Tags : Greve, caminhoneiro, desistência

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo