Prefeito David Bento sanciona lei que extingue 4 cargos do Poder Executivo


https://jflink.ml/M5qYg

Prefeito David Bento sanciona lei que extingue 4 cargos do Poder Executivo
Prefeito David Bento e Dalcivan Coelho. – Foto: Ascom Filadélfia/Divulgação

Compartilhe


Os cargos de vigilante, telefonista, serrador e condutor de moto foram extintos da Prefeitura de Filadélfia, depois de ser aprovado na Câmara Legislativa e sancionado pelo o prefeito David Bento (Republicanos).

A sanção foi publicada na quarta-feira (27) no Diário Oficial do Município. Na ocasião, também foi criado um novo cargo, com o aval da câmara, o prefeito sancionou a o projeto que cria o cargo de vigia, onde serão integrado os servidores que estavam ao cargo de vigilante, que foi extinto. A renumeração é de R$1.110,00 com carga horária de 40 horas.

O projeto extinguiu o cargo de vigilante, sob argumento que ninguém ocupa esse cargo, pois vigilante não é a mesma coisa que vigia. No documento, a prefeitura cita que para ocupar cargo de vigilante, é necessário ter preparo.

Segundo a prefeitura, os "vigilantes" do patrimônio público municipal, atuam como vigias. “Vigia realiza atividades de fiscalização dos locais, tem como função a guarda e zelo do patrimônio público. Porém, é uma atividade estática, não especializada, o não exige preparação especial.

Quanto ao cargo de telefonista, o argumento foi que o cargo está dispensável na administração pública, já que o mesmo não tem utilidade e os telefonemas podem ser atendidos diretamente pelo o cargo de secretária.

Ao cargo de serrador, a prefeitura disse que a Serraria Municipal não está mais em funcionamento, após ser fechada por órgãos fiscalizadores, assim torna o cargo dispensável.

E o condutor de moto, a prefeitura extinguiu por que, de acordo com o documento, ficou inviável sua manutenção, uma vez que, os servidores tenha necessidade de se locomover em favor da administração, o mesmo é realizado através de veículos fechados, que dão mais segurança aos servidores e motorista.

Todos os cargos que a prefeitura quer extinguiu possuía uma renumeração de R$1.100,00 (um salário mínimo), com carga horária de 40 horas. Apenas o de telefonista exigia ensino médio completo.

Tags : Cargos, extinção, David Bento, serrador, vigilante

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo