Pesquisa encontra posto vendendo gasolina por R$ 7,27 no Tocantins


https://jflink.ml/Qvjwl

Pesquisa encontra posto vendendo gasolina por R$ 7,27 no Tocantins
Gasolina já passou dos R$ 7 no Tocantins e em outros 12 estados — Foto: Reprodução/RPC

Compartilhe


Os aumentos consecutivos nos preços da gasolina pela Petrobrás estão refletindo em postos de combustíveis de todo o país. Nesta semana, o Tocantins entrou na lista de estados em que já é possível encontrar o produto sendo vendido por mais de R$ 7,00. A Agência Nacional do Petróleo (ANP) divulgou um levantamento que mostra que um posto em Araguaína está vendendo cada litro do combustível por R$ 7,27.

Mesmo assim, o valor está longe de ser o mais alto do país, já que no levantamento em questão foram encontrados preços maiores em oito estados. O posto com a gasolina por R$ 7,27 fica localizado no setor Santa Terezinha, segundo a pesquisa.

Em toda a cidade de Araguaína, a ANP pesquisou 11 postos. O preço mais baixo encontrado na cidade foi de R$ 6,60 e a média de preços ficou em R$ 6,87.

Além de Araguaína, a agência também fez o levantamento em outras duas cidades tocantinenses: Palmas e Gurupi. Na capital, foram encontrados preços entre R$ 6,45 e R$ 6,89 nos 10 postos pesquisados. Em Gurupi, o litro sai por entre R$ 6,35 e R$ 6,79 nos 11 estabelecimentos visitados.

Segundo a agência, no panorama nacional a gasolina subiu 3,1% na semana, chegando a uma média de R$ 6,56 o litro.

Filadélfia


Na cidade de Filadélfia, o JF apurou nesta segunda-feira (1) que a gasolina está sendo vendida à R$ 6,99 no Auto Posto Filadélfia e R$ 7,12 no Auto Posto Marinho. Esse valor é referente a gasolina comum.

Congelamento de ICMS


Na sexta-feira (29), o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), formado pelo governo e por representantes dos estados, aprovou o congelamento por 90 dias do chamado "preço médio ponderado ao consumidor final". É sobre esse preço médio que incide o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) estadual cobrado nas vendas de combustíveis.

A medida ocorre em meio à forte alta dos combustíveis, provocada pelo aumento do petróleo no mercado internacional e pela disparada do dólar - fatores levados em conta pela Petrobras para calcular o preço nas refinarias.

Segundo o governo, o objetivo do congelamento do preço médio ponderado, sobre o qual incide o ICMS, é tentar manter os preços nos valores vigentes em 1º de novembro de 2021 até 31 de janeiro de 2022.


Fonte: G1/TO

Tags : Gasolina, ICMS, preço, Tocantins, Filadélfia

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo