Veja alguns fatos que podem ter influenciado na derrota de Mizô Alencar


https://jft.news/xIO63

Veja alguns fatos que podem ter influenciado na derrota de Mizô Alencar
Foto: Reprodução/Facebook

Compartilhe


A eleição em Filadélfia-TO terminou há duas semanas, mas ainda está dando o que falar. Não é exagero dizer que quase ninguém esperava que Mizô Alencar (DEM) fosse derrotado pelo o jovem David Bento (Republicanos) de 33 anos. Isso deixou muita gente com pulga atrás da orelha.

Mizô já estava no seu 4° mandato em Filadélfia e tentou ir para o 5° mandato com a reeleição, mas não foi dessa vez. Mesmo assim, Mizô deixou sua marca na história do município.

Separamos alguns fatos que podem ter ajudado a culminar a derrota do atual prefeito.

O mandato é de 4 anos, não apenas um


Mizô Alencar "sumiu" nos primeiros anos de mandato. Nesse período Mizô foi pouco lembrado, das poucas vezes que foi lembrado, foi durante a temporada de praia, isso porque o prefeito não fez ações que pudessem chamar atenção da população.

Demora na entrega do hospital


O pronto atendimento de Filadélfia demorou mais que o esperado para ser entregue. Passou vários meses com obras paradas que Mizô chegou até a ser criticado em vídeo, pelo o vereador Joãozinho da Ambulância (PV). A obra foi entregue alguns dias antes de começar a campanha eleitoral, isso pode ter feito a cabeça das pessoas a desconfiar de Mizô.

Obras do antecessor abandonadas


Seu antecessor Edenilson da Beleu (PSC) deixou várias obras abandonadas, a população de Filadélfia esperava que o atual gestor fosse atrás de recursos para a conclusão das mesmas, porém Mizô só deu continuidade a uma obra, do colégio Dona Maura, dias antes da campanha eleitoral. Fora que ele ainda teve o antecessor como seu apoiador em sua campanha.

O povo não vive de asfaltos


Mizô Alencar conseguiu recursos para uma obra histórica em Filadélfia através da SUDAM, relacionado a pavimentação asfáltica e serviços de drenagem em 25 ruas do município. A ordem de serviço foi assinada há exatamente 1 ano atrás, no valor de quase R$10 milhões. Porém a obra não gerou emprego pra ninguém em Filadélfia, uma vez que o prefeito não mencionou no edital que a empresa que fosse trabalhar na obra pudesse contratar uma porcentagem de pessoas da cidade e assim gerar emprego e renda para a população local.

Obras consideradas eleitoreiras


Nesse último ano de mandato do prefeito Mizô Alencar, o município de Filadélfia virou um verdadeiro canteiro de obras. Porém não foi suficiente para Mizô ser reeleito. Embora sabemos que conseguir recursos para uma obra desse porte, como a de pavimentação asfáltica não é fácil, mas o povo quer ver é o prefeito trabalhando durante os 4 anos. Muitas pessoas acusaram o prefeito de fazer 'obras eleitoreiras' para que os eleitores esquecessem os primeiros anos de mandato.

Dinheiro não é tudo


O valor por cabo eleitoral que Mizô Alencar pagou aos seus contratados foram bem superiores aos de David Bento. Só que Mizô esqueceu que os cabos eleitorais são pagos para trabalhar na campanha e não pra votar. Devido a esse valor superior, era normal seus comícios e passeatas dessem mais volumes de pessoas, mas tudo não se passava de uma ilusão. Muitos apoiadores próximo de Mizô já cantava vitória antes da hora por causa do volume de pessoas. Vale lembrar que muitos desses cabos eleitorais, só iam no comitê marcar ponto e nem sequer iam trabalhar. Em nossa análise, esse foi um erro crucial para derrota do prefeito.

Falou muito de obras e pouco de propostas


Obras o povo de Filadélfia ver quando andam pela as ruas, portanto, um erro do então candidato foi pegar o microfone durante seus comícios pra falar muito das obras atuais e falava pouco dos projetos para o futuro.

Fuga do debate


Todos os candidatos a prefeitos foram convidados para fazer algo inédito em Filadélfia, que seria um debate político ao vivo. Os 3 aceitaram participar, mas Mizô Alencar desistiu de última hora e perdeu uma chance de mostrar suas propostas cara a cara com seus adversários.

Tapetão


O prefeito Mizô Alencar brigou mais com David na justiça do que em propostas durante a campanha. Essa ação de Mizô chamou atenção da população, muitas pessoas diziam que ele estava desesperado, por isso ficava abrindo processos contra David em qualquer oportunidade na tentativa de tirá-lo do combate.

A pandemia do novo coronavírus não teve férias


Muitos eleitores, tanto de oposição, quanto simpatizantes de Mizô, discordaram dele ter revogado o dispositivo do decreto das medidas de prevenção da covid-19. Onde o mesmo permitiu aglomeração de natureza política, eleitoral e esportiva. O povo de Filadélfia considerou a atitude do prefeito como desespero para ser reeleito, isso pode ter sim influenciado na derrota de Mizô, até porque não fez tanto sentido ter tantas regras durante a votação e durante a campanha não houve regras nenhuma para evitar aglomeração.

Desejo de inovar


Mizô Alencar já foi prefeito por 4 mandatos, dessa vez a população quis inovar e decidiu eleger um jovem para gerir a prefeitura nos próximos 4 anos. David Bento já foi vereador e também foi vice-prefeito do então prefeito Edenilson da Beleu.

Tags : Mizô, David, eleição, Filadélfia, análise

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo