Vaqueiro é preso suspeito de estuprar sobrinha por nove anos após professora desconfiar


https://jflink.tk/a72Do

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Compartilhe


Um vaqueiro de 23 anos foi preso pela Polícia Civil em Colinas do Tocantins, no norte do estado, suspeito de estuprar uma sobrinha por nove anos. A investigação apontou que menina, que hoje tem 15 anos, começou a ser abusada aos seis. O crime só foi descoberto porque uma professora desconfiou que a vítima estaria sendo abusada.

O homem foi capturado nesta sexta-feira (20) em cumprimento a um mandado de prisão preventiva na própria casa no setor São João, em Colinas. A investigação sobre o crime começou em março deste ano, depois que o Conselho Tutelar de Presidente Kennedy recebeu a denúncia e informou a Polícia Civil.

“O auxílio de umas das professoras da adolescente foi de extrema importância, uma vez que a docente conquistou a confiança da adolescente, que então passou a narrar todos os abusos que havia sofrido”, explicou delegado Joelberth Nunes de Carvalho.

Conforme a polícia, os estupros começaram quando a adolescente tinha seis anos de morava em Colinas com a família. “O suspeito é irmão da mãe da vítima e muito amigo do cunhado, pai da adolescente”, explicou.

O vaqueiro e passa a semana na zona rural da cidade, mas foi preso nesta sexta-feira após retornar para sua casa. Ele foi levado para a central de flagrantes da Polícia Civil e depois mandado para a cadeia local.

A polícia afirmou ainda que há suspeita de que homem também vem estuprando outras duas sobrinhas em Colinas. Os casos ainda estão sendo investigados.


Fonte: G1/TO

Tags : Abuso infantil, Colinas, Tocantins

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo