Suspeito de obter mais de 700 imagens de pornografia infantil é alvo de operação da Polícia Federal


https://jflink.tk/eQsIv

Policiais fizeram buscas em computador de suspeito — Foto: Polícia Federal/Divulgação
Policiais fizeram buscas em computador de suspeito — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Compartilhe


A Polícia Federal descobriu que um homem armazenou e compartilhou mais de 700 imagens pornográficas envolvendo criança ou adolescentes desde 2020. O suspeito foi alvo de um mandado de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira (14), em Palmas.

Segundo a PF, o suspeito teria se utilizado das redes sociais e da deep web para armazenar e compartilhar imagens contendo cenas de sexo explícito envolvendo menores.

A investigação começou em 2021 e existe a possibilidade de crimes mais graves terem sido praticados. A ação foi chamada de Guardião da Inocência e tem como objetivo garantir os direitos e a proteção das crianças e adolescentes.

O material apreendido agora será analisado pela polícia e o suspeito poderá responder pelos crimes de oferecer, trocar, disponibilizar, possuir e armazenar cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

As penas somadas podem ultrapassar 10 anos de reclusão.


Fonte: G1/TO

Tags : Pornografia infantil, suspeito, Polícia Federal, Operação Inocência

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo