Dupla é presa acusada de estuprar criança com síndrome de down em Itacajá


https://jft.news/GrAMZ

Dupla é presa acusada de estuprar criança com síndrome de down em Itacajá
Imagem: Divulgação/Polícia Civil

Compartilhe


Os policiais civis da Delegacia de Itacajá, com ordem da delegada Jeannie Daier, cumpriram mandados de prisões preventivas de dois irmãos suspeitos de estupro de vulnerável em Itacajá. A informação é do 'Portal o Norte'.

Os crimes ocorreram em 2018, vitimaram uma menina de dez anos de idade, portadora de síndrome de down. Ao ser ouvida pela autoridade policial, a vítima relatou que em 06 de agosto de 2018, estava brincando com suas amigas no quintal da casa de uma vizinha, quando o acusado se aproximou aproveitando-se do momento, a puxou para trás da casa e tirou sua roupa.

A delegada Jeanine Daier disse que homem introduziu o dedo nas partes íntimas da vítima e também a tocou nos seios, tendo sido surpreendido por outra criança de 9 anos de idade. Diante do ocorrido, foi registrada denúncia anônima levada ao conhecimento da autoridade policial local através do Conselho Tutelar, que instaurou inquérito policial e iniciou as investigações. A menina foi submetida a exames, os quais constataram que ela já havia sido vítima de outros abusos sexuais, cometidos pelos os irmãos.

De acordo com a investigação, os irmãos oferecia balas, bombons, pipocas e atraia a menina com bonecas para o interior de sua residência e lá cometia abusos sexuais. Após a conclusão da investigação, os dois foram indiciados pelos crimes de estupro de vulnerável e ameaça. Em seguida, a delegada Jeanie Daier representou, junto ao Poder Judiciário, pelas prisões preventivas dos irmãos, as quais foram cumpridas na manhã de sexta-feira (14), no povoado Cantinho, zona rural de Itacajá.


Fonte: Portal o Norte

Tags : Itacajá, estupro vulnerável, síndrome de down, polícia civil.

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo