Médico é preso em operação que investiga esquema de fura-fila de cirurgias no Hospital Geral de Palmas


https://jflink.tk/BNnw2

Médico é preso em operação que investiga esquema de fura-fila de cirurgias no Hospital Geral de Palmas
Operação da Polícia Civil e Gaeco investiga esquema de fura-fila no Hospital Geral de Palmas — Foto: Betânia Sousa/TV Anhanguera

Compartilhe


O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Tocantins, com apoio da Polícia Civil, realiza na manhã nesta terça-feira (15) uma operação no Hospital Geral de Palmas (HGP). A ação é para investigar um esquema de fura-fila dentro da unidade. A suspeita é de que médicos estariam cobrando dinheiro de pacientes para fazer cirurgias. Quatro pessoas foram presas, incluindo um médico e um fisioterapeuta.

Vários agentes que participam da Operação Betesda estão no hospital para cumprir mandados. Um grupo esteve na área administrativa da unidade e recolheu prontuários.

O secretário estadual do Tocantins, Afonso Piva, esteve no local e afirmou que contribui com a operação. Em entrevista à TV Anhanguera ele disse que a Secretaria de Saúde não tinha conhecimento do esquema dentro da unidade e que uma a corregedoria também vai acompanhar a situação.

Ficamos sabendo agora pela manhã da operação e fomos para lá. Nós temos uma corregedoria. Vamos abrir um processo na corregedoria referente aos servidores em conjunto. Temos interesse em fazer o que é certo; disse o secretário.


Fonte: G1/TO

Tags : Mandados, Preso, Médico, Operação

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo