Casos de coronavírus em Araguaína preocupa Filadélfia; queremos ação da prefeitura


https://jft.news/KvTqy

Casos de coronavírus em Araguaína preocupa Filadélfia; queremos ação da prefeitura
Foto: Divulgação

Compartilhe


O novo coronavírus (Covid-19) vem fazendo vítimas em cheio em vários países do mundo, inclusive em nosso país. Todos os dias é notícias de mais novas mortes e mais pessoas infectadas, no Brasil o número vem crescendo cada dia mais.

No Estado do Tocantins já tem 12 pessoas que atestaram positivo para coronavírus, sendo 9 em Palmas e 3 em Araguaína. Devido ao aumento do número de casos em Araguaína (110km de Filadélfia) está aumentando nossa preocupação por aqui. Foram registrados 2 novos casos em 2 dias consecutivos. Nós filadelfiense queremos medidas mais drásticas por parte da prefeitura para evitar que esse vírus chegue em nossa cidade, já que diariamente entra e sai pessoas através do transporte coletivo entre Filadélfia e Araguaína, isso vai acabar trazendo o vírus pra nosso município, afinal não sabemos quem pode estar infectado.

No dia 23 de março a Prefeitura de Filadélfia fez um decreto meio que exagerado para uma cidade que não tem casos suspeitos até no momento. No decreto foi proibido quase tudo, você pode conferir aqui. Dias depois o decreto foi revogado, a prefeitura manteu higienização obrigatória e o veto de aglomerações em pontos comerciais e inclusive liberou o transporte coletivo.

Essas medidas ainda é insuficiente, não queremos fechamentos dos pontos comerciais e muito menos revogação da higienização obrigatória, até porque higiene é um dever de todos, evitar aglomerações é necessário, porém do que adianta se deixar a "porta" aberta para a entrada do vírus?

Conversamos com alguns moradores do município, inclusive comerciantes, cabeleireiro e entre outros profissionais, chegamos a uma conclusão que a melhor maneira de evitar que esse vírus chegue em Filadélfia é a prefeitura decretar a proibição do transporte coletivo público ou privado entre Filadélfia, Araguaína e Carolina-MA. Fechando as fronteiras com essas cidades é a melhor maneira de previnir, pelo menos até minimizar essa crise causada pelo o coronavírus.

Nossa cidade pequena, carente de recursos para a saúde, onde nem hospital temos, muito menos UTI. Se uma pessoa se infectar por aqui, é capaz de infectar toda a cidade. No momento a prevenção é o melhor remédio. Não queremos tomar leitos de UTI em Araguaína ou em outros hospitais de referência de alguém que realmente precisa, por causa de algo que podemos prevenir.

Esperamos que a prefeitura não considere este editorial como uma crítica e sim como uma sugestão. Por isso pedimos: decrete a proibição de entradas e saídas de pessoas de Filadélfia, deixando passar apenas veículos comerciais à serviços essenciais. Algumas cidades do Brasil já aderiu a essa medida, agora é nossa vez. Sabemos que isso vai afetar o pessoal que trabalha nos micro-ônibus, mas é uma medida necessária, ou vamos esperar o pior acontecer pra poder agirmos? A vida vale mais, os números serão apenas estatísticas. A prevenção é o melhor remédio.

Este editorial reflete exclusivamente a opinião do portal.

Tags : Vírus, coronavírus, Filadélfia, Araguaína, Covid-19, circulação, pessoas.

Ao clicar em "comentar", você declara que leu, entendeu e concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Subir para o topo